PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
INSS amplia serviços que segurados podem acessar de casa durante pandemia
22/05/2020 10:59 em O País

Desde a semana passada que os segurados podem fazer de casa o Cálculo de Contribuição em Atraso, por meio da Central 135

  • Repórter Marquezan Araújo/Agência do Rádio Mais - Matéria nos enviada por email
  • Data de publicação: 22 de Maio de 2020, 09:31h
  • A imagem da capa do site Multisom é meramente ilustrativa e foi retirada de arquivos da internet/Google

Foto: Arquivo/EBC

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ampliou o número de serviços que a população pode acessar de casa, por aplicativo, site ou via Central 135. A medida foi tomada por causa do avanço da pandemia do novo coronavírus no Brasil.

Desde a semana passada que os segurados podem fazer de casa o Cálculo de Contribuição em Atraso, por meio da Central 135. Inclusive, a apresentação de documentos como curatela e procuração agora pode ser feita pelos canais remotos. Anteriormente, essa atividade ocorria apenas de forma presencial.

O segurando pode ainda fazer de casa o pedido de antecipação do auxílio-doença e do Benefício de Prestação Continuada (BPC) para os deficientes. Isso porque as agências da Previdência Social estão fechadas desde o dia 20 de março em função da pandemia.

Para quem pretende acessar a opção “Transferir Benefício para Conta Corrente” deve fazer de forma exclusiva pelo aplicativo Meu INSS. Por meio desse serviço é possível alterar a forma de pagamento do benefício da modalidade cartão magnético para conta-corrente em nome do titular do benefício.

O segurado pode ainda enviar o atestado médico diretamente pelo aplicativo Meu INSS para avaliação da perícia. O INSS disponibilizou um passo a passo explicando como anexar o atestado no aplicativo.

Marquezan Araújo

Marquezan é formado pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), atuou como âncora de jornal radiofônico e locutor de programa musical. Passou por estágios na Agência Brasil e na Rádio Nacional, da EBC. Repórter da Agência do Rádio desde 2016, acompanha as movimentações do Legislativo no Congresso Nacional.
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE